Acalentei por muitos anos a ideia de manter um espaço na Internet onde pudesse apresentar algo de agradável e interessante para quem
Ruy Eloy
porventura o acessasse.
Depois de muito me debruçar e refletir sobre o assunto decidi por eleger este site como destinatário dessa pretensão e transformá-la em realidade.
Funcionará, pois, como veículo de comunicação entre mim e os internautas que a ele aportarem, os quais poderão navegar pelas seções que o compõem, visitá-las, lê-las e emitir as suas observações e os seus comentários no sentido de melhorá-las ou ampliá-las.

Sempre gostei de me comunicar, e consequentemente de fazer amizades. Daí, porque, tendo nascido em uma pequena vila do brejo paraibano e, ainda criança, vindo para a capital do meu estado a fim de preparar-me para os exames de admissão ao ginásio, jamais me descuidei de exercitar sempre essas duas regras do bem viver, que me serviram de milagroso elixir para aplacar a saudade de meus pais e irmãos, bem como de muitos amigos de infância que lá haviam ficado. E assim, desde a época daquele curso preparatório fui formando uma nova corrente de amigos que enlaçava tanto os colegas de estudo e de trabalho como os seus familiares, os professores, e outras pessoas mais que a cada dia ia conhecendo e das quais me aproximava, ora para um salutar convívio quase familiar, ora para o trato de assuntos artísticos ou literários, acontecendo serem muitas delas pertencentes a uma faixa etária três ou quatro vezes superior a minha.

O interesse e gosto por literatura e artes, mormente música, fotografia, cinema e teatro, proporcionou-me desde logo acesso a uma gama de intelectuais e artistas, alguns dos quais se tornaram não somente meus conhecidos, mas amigos prestativos, atentos e preciosos. Uns mudaram depois para outras plagas, outros partiram já para o Oriente Eterno. Conservo-os bem firme e grato na memória pela atenção e pelo apoio com que me distinguiram.

Pretendo, vez por outra, relembrá-los neste modesto espaço. Afinal recordar os bons momentos havidos é revivê-los, diz a sabedoria popular.

Andei por estradas várias no curso da vida mas felizmente sempre cuidei de palmilhar pérvios caminhos. Fui radialista, ator, policial militar, jornalista, professor, magistrado e exerço atualmente a advocacia.
Toda a experiência profissional adquirida durante 55 anos de efetivo exercício me anima a continuar trabalhando, buscando sempre ser útil e manter-me atualizado. Por isso acampei neste sítio eletrônico onde lançarei a semente da experiência e esperarei tranqüilo que ela germine e produza bons frutos.

Notícias, jurisprudência, doutrina, teses ensaios e testes jurídicos, comentários, produções artísticas e literárias, folclore, casos e “causos” do cotidiano poderão ser aqui inseridos e divulgados através dos links que compõem o site, formando uma miscelânea de abordagens interessante, sadia e atraente, sem que desvirtue o conteúdo e a finalidade do espaço.

Se conseguir agradar aos visitantes e leitores, e receber os seus salutares comentários, estarei suficientemente recompensado e agradecido, tanto como certo de que valeu a pena concretizar o sonho.

Ruy Eloy

Notícias recentes

  • Emenda Constitucional nº 37/2006 - PEC 37 Revista Problemas Brasileiros.Ameaça ao direitoEm debate a emenda que propõe superpoderes à polícia federalPara o olhar menos atento, ela se resume apenas a mais uma das tantas ...
    Postado em 29 de nov de 2013 12:54 por Pedro Moita
  • Precatórios de natureza alimentar PRECATÓRIOS ALIMENTARES, NA PRÁTICA, NÃO GOZAM DE PRIVILÉGIOÚLTIMA INSTÂNCIAJuarez Lopes dos Santos É importante passar a limpo alguns detalhes sobre os precatórios, especialmente para os principais interessados, os ...
    Postado em 29 de nov de 2013 12:54 por Pedro Moita
Exibindo postagens 1 - 2 de 12. Exibir mais »

Comentários recentes

  • Remuneração dos magistrados Não consigo entender a razão por que tanto incomoda a alguns a atual remuneração dos magistrados. Dizer-se que é pelo fato de ganharem subsídio mais condizente com o cargo ...
    Postado em 29 de nov de 2013 12:12 por Pedro Moita
Exibindo postagens 1 - 1 de 1. Exibir mais »